» » Emissora de rádio é incendiada e prejuízo pode passar de R$ 90 mil, diz proprietário



Uma emissora de rádio em Alvorada, sul do Tocantins, foi incendiada por volta das 2h13, na madrugada desta quinta-feira (5). O proprietário Saulo Rezende Póvoa acredita que os prejuízos podem passar de R$ 90 mil. Aparelhos de ar-condicionado, transmissores e outros equipamentos, além de parte da estrutura do prédio, foram queimados.

O ataque foi repudiado pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) que pediu uma apuração rigorosa e disse que o caso é uma tentativa de intimidar o trabalho da imprensa. A Associação das Emissoras de Rádio e Televisão do Estado do Tocantins (AERTO) disse que considera qualquer tipo de ataque contra veículos de comunicação inaceitável e pediu a punição dos responsáveis. (Veja as notas na íntegra abaixo)

A emissora fica na avenida Santa Ângela, Setor Santa Ângela. Segundo Póvoa, o estúdio não foi atingido. A PM relatou que foi chamada na madrugada e, chegando ao local, se deparou com o local em chamas. No estabelecimento, os militares encontraram uma chave de roda que aparentemente foi usada para arrombar o imóvel.

Próximo ao local, os militares também localizaram uma pistola, com 19 munições de mesmo calibre e um carregador.

O vizinho da emissora de rádio foi quem chamou a corporação. Ele disse à PM que, na madrugada, ouviu três pancadas fortes. No momento, ele abriu a porta dos fundos da casa onde mora para verificar o que estava acontecendo e viu um homem ateando fogo na sala de uma torre.

O homem afirmou também que as chamas acabaram atingido parte do corpo do suspeito, que saiu correndo tentando apagar o fogo. Havia um veículo próximo ao local, que saiu em alta velocidade após o incêndio.

O proprietário disse que registrou boletim de ocorrência na delegacia de Polícia Civil. A produção da TV Anhanguera entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública do Tocantins para saber sobre as investigações e aguarda retorno.

Veja a nota da AERTO na íntegra

A AERTO - Associação das Emissoras de Rádio e Televisão do Estado do Tocantins repudia e condena veementemente o ataque cometido contra a sede da Emissora de Rádio BR-FM, da cidade de Alvorada do Tocantins, na madrugada desta quinta-feira 5 de novembro.

A AERTO considera inaceitável qualquer tipo de ataque contra veículos de comunicação, bem como de seus profissionais, e solicita às autoridades uma apuração rápida e rigorosa dos fatos e a punição dos responsáveis.


Veja a nota da ABERT na íntegra

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) repudia e condena veementemente o ataque à sede da Rádio BR-FM, na cidade de Alvorada do Sul (TO), nesta quinta-feira (5).

Durante a madrugada, um homem ateou fogo à emissora e, em seguida, entrou em um carro, fugindo em disparada. O incêndio criminoso destruiu aparelhos de ar-condicionado, transmissores, equipamentos em geral, além de parte da estrutura do prédio. Uma arma foi encontrada no local e, segundo a Polícia Militar, está registrada em nome de um funcionário da prefeitura do município.

Atos de extrema violência como este, que buscam intimidar o trabalho da imprensa, configuram grave atentado ao livre exercício do jornalismo e devem ser rechaçados em respeito ao direito à livre informação e à própria democracia.

A ABERT considera inaceitável qualquer tipo de ataque contra profissionais e veículos de comunicação e pede às autoridades locais uma apuração rigorosa dos fatos e a punição dos responsáveis

FONTE: G1

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta