» » Quais os principais desafios da radiodifusão na era digital?


Atualização da legislação

No Brasil, existem algumas leis que foram criadas especificamente para regulamentar a radiodifusão. Elas são importantes para definir o tipo de conteúdo que pode ser veiculado, o processo de concessão pública de espaços de comunicação, entre outras coisas.

Em março de 2017 foi sancionado um novo marco regulatório com o objetivo de desburocratizar e, assim, simplificar os processos de renovação e transferência de outorgas das emissoras de rádio e TV.

Os gestores precisam estar sempre atentos a essas mudanças na legislação para evitar problemas judiciais e adotar sempre as melhores práticas para o bom funcionamento dos meios de comunicação.
Concorrência com as novas tecnologias

A transformação digital vivida pelo mercado de comunicação e consumo de conteúdo nos últimos anos gerou um importante desafio para a radiodifusão: o surgimento de novas tecnologias como potentes concorrentes.

Empresas privadas e transnacionais de telecomunicação como as redes sociais, aplicativos e os smartphones, têm ocupado um lugar de destaque na vida dos consumidores e o setor de radiodifusão precisa trabalhar estrategicamente para manter a sua audiência e posicionamento no mercado.
Itens de infraestrutura

Para se adaptar a esse novo cenário tecnológico, as emissoras de rádio e TV precisam investir em itens de infraestrutura, como capacitação profissional dos funcionários, equipamentos adequados e ferramentas que auxiliem no processo de modernização.

A nova ordem é investir no digital. Por isso, os meios de comunicação precisam se equipar com todo o material necessário para realizar a digitalização dos conteúdos. Além disso, a internet se tornou uma ferramenta cada vez mais necessária para o crescimento das empresas nesse novo cenário mercadológico.
Comportamento das novas gerações

Pesquisas de consumo midiático mostram que os hábitos das novas gerações estão mudando. Se antes o rádio era um dos principais meios de comunicação do brasileiro, esse hábito está diminuindo entre os mais jovens. A digitalização dos canais de mídia, além de recursos como a internet, jogos eletrônicos e smartphones são os principais responsáveis por essa transformação.

Para conquistar esse público para a radiodifusão, mantendo esses canais populares e relevantes, é preciso investir em estratégias de convergência, interatividade e mobilidade dos dispositivos de comunicação, indo muito além das emissoras de rádio tradicionais.

Como você pode perceber, as transformações digitais vividas nos últimos anos trouxeram vários desafios para a radiodifusão no Brasil. E para manter as empresas em funcionamento e crescimento, os gestores precisam se adaptar o quanto antes às novas exigências do mercado.


Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta