» » 35% dos ouvintes dizem escolher o rádio para uma atualização rápida sobre as notícias



rádio continua a desempenhar um papel fundamental no dia a dia da população. O brasileiro dedica, em média, 4 horas e 40 minutos para ouvir rádio. Entre os 13 mercados em que o levantamento é realizado, se destacam as praças Grande Belo Horizonte (MG), onde 95% da população declarou ouvir rádio por ao menos um minuto nos últimos 30 dias; Grande Goiânia (GO), com alcance de 91%; e Grande Fortaleza (CE), em que 90% das pessoas são impactadas pelas ondas sonoras.

A população da Grande Goiânia é a que passa mais tempo escutando rádio diariamente, com média de 5 horas e 4 minutos diários. A Grande Rio de Janeiro vem na sequência, com 5 horas e 3 minutos. Os moradores da Grande Recife também se destacam no consumo, com 4 horas e 58 minutos diários dedicados ao meio.

O rádio é visto como uma fonte ágil e confiável de informação: 35% dos ouvintesdeclararam consumir o meio quando precisam de uma atualização rápida das notícias. Além disso, 32% disseram prestar atenção sempre ou quase sempre à publicidade veiculada no rádio – de janeiro a julho deste ano, foram ao ar mais de 3 milhões de inserções publicitárias no meio.

Segundo a pesquisa, 52 milhões de pessoas escutam rádio em 13 regiões metropolitanas no Brasil, sendo 52% mulheres e 48% homens. O pico de consumo do meio ocorre entre 10h e 11h da manhã, quando o rádio alcança 37 milhões de pessoas diferentes em um intervalo de 30 dias.

alcance do meio é maior entre a população jovem: 91% dos entrevistados entre 15 e 19 anos declararam ouvir rádio por ao menos um minuto nos últimos 30 dias. Este alcance é de 90% entre as pessoas de 20 a 34 anos e de 90% entre os 35 e 49 anos, sendo que todos os patamares estão acima da média de alcance geral, de 87% da população.

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta