» » » Apple anuncia aposentadoria do iPod após 20 anos. Dispositivo tinha versão com FM



A Apple anunciou nesta semana a aposentadoria do iPod, seu famoso tocador de áudio e vídeo e que também comporta o receptor FM integrado em alguns de seus modelos. A multinacional fez o comunicado na última terça-feira (10) e informou que o aparelho ficará disponível somente até acabarem os estoques.

O iPod está em operação há 20 anos. Na época, o gadget da Apple representou uma grande mudança na forma como as pessoas ouviam música, mas já não tinha o mesmo apelo desde a popularização dos smartphones e dos streaming de música e de rádio. Além disso, o aparelho também comporta o receptor de FM, dispositivo que não é embarcado no iPhone, lançado em 2007.

A empresa já havia encerrado outros modelos do iPod nos últimos anos, incluindo o iPod Nano, uma das versões que ficou mais conhecida devido a presença de um receptor FM. O dispositivo chamava a atenção pela qualidade do áudio captado em FM, além de recursos como RDS (incluindo o sistema 2.0, que mostra mais informações, inclusive catalogando as músicas executadas pelas estações) e a opção de retroceder na programação ao vivo da FM (o dispositivo gravava momentaneamente o que era ouvido, permitindo tal ação).

Segundo o comunicado da Apple, a versão mais recente do iPod, que sairá de linha, foi lançada em 2019. Ela tem tela sensível ao toque e suporta a App Store e os aplicativos FaceTime e Mensagens. Esses serviços são executados por meio de conexão wi-fi.

A 7ª geração do iPod touch conta com tela de 4 polegadas – no original, eram 2. O iPhone 13 Pro Max, o mais avançado da Apple atualmente, tem tela de 6,7 polegadas.

Impacto para o rádio

A saída de linha do iPod praticamente deverá ter impacto limitado para o setor de rádio. O uso do FM era restrito à alguns modelos do dispositivo e para ter presença em aparelhos da Apple, as emissoras sempre tiveram como foco as aplicações que envolvem streaming, ou seja, um serviço que requer internet. Em resumo, os usuários de dispositivos da Apple, com destaque para o iPhone, estão acostumados a consumir rádio via streaming ou serviços on-demand, como podcasts.

O que chama a atenção é o fato da Apple já ter oferecido uma opção de sintonia de FM, dispositivo este que chamava a atenção pela sua qualidade, praticidade e pelos recursos extras. Parte do setor ainda nutre uma esperança de que a Apple reconsidere sua estratégia e libere o FM em seus aparelhos, já que a própria empresa tem boa expertise em oferecer o serviço, visto a qualidade do receptor presente na linha Nano (iPod).

Com informações do G1. Colaboração de Daniel Starck

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta