» » Estudo indica que consumo de rádio nos Estados Unidos segue em alta



O mais recente estudo da Edison Research, Share of Ear, mostra que o rádio continua mantendo a maior parte da audiência de áudio entre todas as mídia. A análise, realizada no mercado americano e reproduzida pelo Inside Radio, mostra que 39% de todo o tempo gasto das pessoas ouvindo áudio todos os dias foi com emissoras AM/FM.

O número do quarto trimestre de 2020, baseado em uma média de quatro trimestres, mostra que as rádios têm uma participação mais do que o dobro que o streaming de áudio e quatro vezes maior que o rádio via satélite.

Um dos destaques da pesquisa é o consumo de podcast, que atingiu 6% do tempo total de escuta em áudio. “O podcasting tem sido uma das maiores histórias de crescimento”, disse o vice-presidente sênior da Edison Research, Tom Webster, acrescentado que esse segmento triplicou seus números desde 2014.

No geral, o estudo revelou que os americanos gastam em média 3 horas e 44 minutos por dia ouvindo áudio. Com a pandeia, a participação do rádio ouvido em casa aumentou e chegou a 31%.

Aqui no Brasil, apesar do momento sem precedentes ocasionado pela crise de COVID-19, o rádio também vem se fortalecendo. Um bom exemplo é a 89 FM A Rádio Rock, que mostrou sua força ao registrar pico de audiência em plena pandemia de 2020. Segundo dados da Kantar, a emissora atinge em média 2 milhões de ouvinte únicos em 30 dias, que permanecem em média 1h50 minutos ligados na programação.

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta