» » Radialistas podem melhorar desempenho no rádio com exercícios físicos

 


Começar a prática de uma atividade física é sempre um dilema para muitas pessoas. Segundo a última edição da Pesquisa de Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), realizada com mais de 52 mil pessoas maiores de 18 anos dos 26 estados brasileiros e do distrito federal, 44,8% da população é sedentária.

O problema é que a falta da atividade física tem se tornado uma das principais causas da obesidade e de outros problemas de saúde. Para Marcos Junior, professor de educação física e especialista em sedentarismo, a hora de se mexer é agora, mesmo com a pandemia. “Se você não faz nenhum tipo de exercício ou atividade física não espere a pandemia acabar, até porque não sabemos quando isso irá acontecer. Então, o primeiro passo é começar, cuidar com a intensidade dos exercícios e estar acompanhado de um profissional da área” explica Marcos.

Além de todos os problemas físicos causados pelo sedentarismo, o estresse gerado pelas circunstâncias atuais da pandemia também é um fator que chama a atenção e pode ser aliviado com a prática de atividades. “Com a pandemia e o isolamento, os níveis de estresse aumentaram significativamente, e o melhor remédio é a alimentação correta, ingestão de água, sono correto e movimento” conta o professor de educação física.

A explicação para a retomada da produtividade e a diminuição dos índices de estresse e até do peso é simples: o exercício libera a endorfina e esta substância traz a sensação de plenitude e bem-estar. Logo iniciar a prática de exercícios físicos diários é uma recomendação universal.

Sedentarismo x Radialistas

O sobrepeso, a obesidade e o sedentarismo são uma tríade que necessita de muita atenção. Para radiodifusores o cuidado deve estar na saúde de seus radialistas. “O sedentarismo pode prejudicar o locutor em muitas situações, mas as mais visíveis são justamente o fôlego e o desenvolvimento da fala. Por isso, tirar pelo menos 20 minutos do dia para praticar alguma atividade é muito importante” afirma o educador físico Marcos Junior.

Para Daniele Almeida, fonoaudióloga e consultora em voz profissional, “a falta ou a redução da prática de exercícios físicos influência diretamente na coordenação respiratória e a voz tem como combustível da própria respiração. Se a pessoa tem uma capacidade respiratória reduzida isso vai gerar uma voz mais ofegante, com mais pausas, com menos domínio de entonação e ponto final”.

Exercício para a voz

O exercício físico organiza toda a capacidade respiratória e o exercício vocal condiciona toda a estrutura da laringe e ressonadores. Segundo a fonoaudióloga “é importante praticar os dois para ter mais qualidade na hora de colocar a voz e a fala.”

Para isso existem diversos exercícios vocais que podem auxiliar na melhora da voz, inclusive para minimizar os efeitos gerados pelo sedentarismo ou pela diminuição das atividades físicas. “Cada exercício vocal é pensado conforme a demanda dos profissionais e servem para aumentar ou regular a capacidade respiratória. Mas é necessário que o locutor procure um profissional especializado para que seja feita uma avaliação correta e a prescrição exata para o seu tipo de voz”, complementa Daniele.

Passos práticos para começar a exercitar o corpo

“Muitas pessoas pensam que o exercício físico só melhora a saúde se for feito por muito tempo, mas isso já caiu por terra e para você cuidar do seu bem-estar é preciso apenas alguns minutos, como 15 ou 20 minutos diários” exemplifica Marcos Junior.

Abaixo algumas formas de se exercitar diariamente:

– Usar a escada ao invés do elevador;

– Estacionar o carro alguns metros mais afastado do trabalho;

– Aproveitar o horário de almoço para se alongar;

– Fazer pequenos trajetos a pé ao invés de utilizar algum meio de transporte;

– Levantar para trocar os canais da televisão e deixar o controle remoto de lado;

– Fazer pelo menos 20 minutos de exercício por dia.

FONTE: AERP - Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta