» » Amigos e parentes de locutor morto pela PM após ser confundido com ladrão fazem manifestação

Amigos e parentes do locutor Milton Nascimento, morto pela Polícia Militar após ser confundido com um assaltante, fizeram uma manifestação no Centro de Sorocaba (SP), na tarde deste sábado (29).

Milton era locutor da rádio Cultural FM, em Sorocaba — Foto: Reprodução/Facebook

Os manifestantes se encontraram no Largo de São Bento. Os manifestantes soltaram balões brancos e pediram justiça.

Em memória ao locutor e motorista, cerca de 250 ativistas do Movimento Negro fizeram um quadro e bateram palmas por um minuto.

O atos seguiu até a Praça Coronel Fernando Prestes. Vereadores e o ex-senador Eduardo Suplicy participaram da manifestação.

Milton Expedido do Nascimento, de33 anos, conhecido como Dinho, foi baleado no último domingo (23), no Jardim Montevidéu.

A moto de Milton foi roubada enquanto ele e um amigo apresentavam um programa em uma rádio comunitária. O amigo, que presenciou tudo, contou que Dinho chamou a polícia e saiu para procurar a moto que tinha rastreador.

Milton encontrou a moto e quando pilotava de volta para casa passou por policiais. A PM diz que ele não obedeceu a um comando de parada e que colocou a mão na cintura, como se fosse uma arma.

Milton foi atingido por dois tiros disparados por um policial militar e morreu. A família do locutor está inconformada.

Imagens obtidas pela TV TEM mostram a mãe do locutor chegando ao local onde o filho foi baleado. A mulher desce de um carro gritando e vai em direção ao corpo de Milton. Outras pessoas estão na rua e parecem questionar os PMs sobre a ação.

Milton também era conhecido na comunidade por trabalhos voluntários e atuação direta no trabalho social na zona norte de Sorocaba.

A corregedoria da Polícia Militar investiga a conduta dos policiais durante a ocorrência que terminou com a morte do locutor.

O caso também está sendo investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) da Polícia Civil. Enquanto isso, os policiais envolvidos ficarão afastados das ruas.

FONTE: G1

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta