» » Kantar Ibope Media anuncia monitoramento de emissoras também no digital



Lançando nesta semana, o Extended Radio, permite a análise do consumo integrado, com foco no rádio híbrido. O projeto conta com a parceria das empresas Triton Digital e Nextdial.

Por Fernanda Nardo.

O consumo de rádio já não se limita ao aparelho tradicional, afinal, o meio se adaptou ao ritmo de seus ouvintes, fornecendo conteúdos online e offline. Para aferir o consumo dessa audiência fluída, a Kantar Ibope Media lançou nesta semana, o Extended Radio, solução que, segundo a empresa, possibilita a análise da audiência em emissoras ao vivo no AM/FM e online, com foco em facilitar a compreensão do comportamento dos ouvintes em diferentes plataformas.

A diretora de desenvolvimento de negócios regionais da Kantar Ibope Media, Giovana Alcantara, destacou que se a atenção do consumidor está cada vez mais fragmentada em tantas mídias, é preciso entender os pontos fortes do conteúdo de áudio em seus diferentes formatos e aproveitar as oportunidades para valorizar os espaços publicitários do meio. “O Extended Radio facilita a compreensão desses dados com a análise integrada de um consumo que já é multimidia”, disse.

De acordo com a Kantar, o sistema tem uma interface simples e online, no qual é possível analisar os dados de consumo tradicional e digital das emissoras em uma única plataforma. As métricas contam com a visualização do número total de ouvintes e do tempo médio de consumo por faixas horárias, além da avaliação do desempenho da concorrência.

Os dados de audiência ao vivo AM/FM são coletados pela Kantar IBOPE Media e os dados de streaming em parceria com Triton Digital e Nextdial, empresas especializadas em aferição de áudio digital.

Para a superintendente da Aerp e do Sert-PR, Ticiane Pfiffer, a evolução das pesquisas de audiência possibilitará às emissoras a apresentação de métricas para as agências e empresas anunciantes. “Finalmente, o mercado poderá disputar o bolo publicitário também no digital, afinal é com dados concretos relacionados à audiência e abrangência que os mídias poderão definir suas campanhas”, avaliou.

FONTE: Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta