» » » Projeto de lei que facilita captação de recursos para as rádios comunitárias segue em tramitação na Câmara dos Deputados


O projeto de lei (PL 5.706/19), que visa facilitar a manutenção financeira das rádios comunitárias em todo o país, de autoria do deputado Zé Neto (PT), segue em tramitação na Câmara dos Deputados. A proposta permite a inserção de anúncios publicitários até o limite de 20% do tempo diário de programação, além da permissão para que rádios comunitárias possam obter recursos por meio de campanhas de financiamento coletivo e de doações, inclusive por meio de aplicativos de internet.

No caso da publicidade nas emissoras comunitárias, os anunciantes têm que estar estabelecidos na área da comunidade atendida ou a ação publicitária precisa ter origem em publicidade oficial dos governos federal, estadual ou municipal. Pela proposta, os recursos obtidos por meio dessas inserções deverão ser aplicados integralmente no custeio operacional da prestadora ou em investimentos na sua infraestrutura. Já em relação as campanhas de financiamento coletivo ou doações, o valor arrecadado precisa ser aplicado exclusivamente na aquisição de equipamentos, modernização de instalações e de sistemas irradiantes; na criação e produção de programas de caráter educativocultural; e em programas de bolsas para formação e aperfeiçoamento de profissionais.

Para o presidente da Abraço Brasil, Geremias dos Santos, a iniciativa, se aprovada, atende a uma demanda histórica do movimento de radiodifusão comunitária no Brasil. “Nós estamos há muito tempo pleiteando que as nossas rádios tenham autonomia financeira. Sabemos que com a pandemia as discussões no Congresso estão ainda mais morosas, contudo, nós iremos nos mobilizar com muita força para que, de uma vez por todas, esse projeto saia do papel”, antecipou.

Na justificativa do projeto, o deputado Zé Neto lembra que existem hoje no país mais de cinco mil rádios comunitárias, a maioria em cidades do interior onde são a única fonte de informação para a população local. Ele explica ainda que atualmente a única fonte de financiamento permitida as rádios comunitárias é o apoio cultural de estabelecimentos localizados em suas áreas de atuação.

Com informações da Assessoria de Imprensa do deputado.

Fonte: Abraço-RS http://www.abracors.org.br/2021/04/14/projeto-de-lei-que-facilita-captacao-de-recursos-para-as-radios-comunitarias-segue-em-tramitacao-na-camara-dos-deputados/

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta