» » Com 65% da audiência concentrada no FM digital, Suíça planeja desligamento do sinal analógico



Um planejamento feito pela indústria de rádio suíça pretende eliminar de forma gradativa, até 2024, a transmissão de rádio analógica via FM e implantar o DAB+ como principal tecnologia de transmissão. A escuta de rádio digital no país já corresponde a 65%.

No intuito de acompanhar essa mudança, o OFCOM (Escritório Federal de Comunicações da Suíça) está desde 2017 com uma campanhas de informação em que menciona a frase "Rádio está se movendo", as quais estão sendo veiculadas no rádio, televisão, imprensa e outdoors.

O vice-diretor da OFCOM, Bernard Maissen, disse em confiar no acordo existente da indústria de rádio e nas disposições legais e mencionou que as licenças de rádio FM que expiram em dezembro de 2019 serão estendidas até 2024, com a possibilidade de encurtar a duração, se a indústria do rádio assim o desejar. Paralelo a isso, a OFCOM pretende examinar se, em áreas periféricas com suprimento insuficiente de DAB+, estações FM individuais poderão continuar a operar após 2024 por um período limitado.

De acordo com estudos disponíveis para o OFCOM no final de junho deste ano, apenas 17% das pessoas usavam FM exclusivamente. As vendas de rádio com a tecnologia DAB+ na Suíça já atinge, até o final de junho deste ano, a marca de 4,3 milhões de aparelhos.

A exemplo da Noruega, primeiro país a desativar os serviços nacionais de FM analógico, um relatório divulgado em abril deste ano pelo WorldDAB, durante a conferência Radiodays Europe em Lausanne, na Suíça, apontou que 86% dos ouvintes diários utilizam o DAB+, comparado a 55% em 2016. A Alemanha lidera a cobertura pelo sistema de rádio digital europeu e representa o principal mercado receptor de DAB+ consumidor.

Com informações de RadioToday

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta