» » » Como evitar a oscilação da frequência de rádio?



A tecnologia proporcionou uma série de avanços na comunicação. Nesse sentido, as ondas eletromagnéticas tiveram papel de destaque nesse processo ao longo dos anos e permitiram que a frequência de rádio fosse transmitida.
Apesar de ser pouco conhecida pelo público em geral, a frequência de rádio está lá e é por meio dela que você consegue escutar uma música e sintonizar sua emissora favorita.
Neste artigo, a TELETRONIX explica de forma didática como funciona a frequência de rádio e como lidar com essa oscilação. Confira!

Como funciona a transmissão da frequência de rádio?

O rádio é um sistema de comunicação que utiliza ondas eletromagnéticas que se propagam no espaço. Esse fenômeno acontece quando um sinal sonoro é enviado pelas torres sob a forma de ondas eletromagnéticas — ou ondas de rádio.
Desse modo, todos os aparelhos que naquele momento estiverem sintonizados com aquela frequência determinada estarão aptos a captar e receber o sinal.
Nesse mesmo sentido, os elementos que estabelecem a clareza e proporcionam o avanço do sinal são a amplitude e a frequência das ondas — a força e a regularidade na emissão dos pulsos que a torre transmite.
A faixa AM tem a amplitude de 500 a 1600 quilo-hertz. A sua frequência é menor que a faixa FM, mas seu alcance é muito maior. Por sua vez, a faixa FM tem entre 88 e 108 mega-hertz — se comparada com a AM, ela tem frequência maior e alcance menor.
Dessa forma, devido ao maior alcance das ondas AM, as rádios que a utilizam costumam funcionar em mais locais, mesmo em regiões que ficam no interior.

O que são ondas de radiofrequência?

As ondas de radiofrequência consistem em radiações eletromagnéticas que são bastante utilizadas em comunicações sem fio. Assim, as ondas de rádio — além da radiodifusão — são usadas em outros mecanismos, como:
  • telegrafia sem fios;
  • telefones sem fios;
  • televisão;
  • radar;
  • sistemas de navegação;
  • comunicação espacial etc.

Como funcionam os componentes transmissor e receptor?

Os sistemas de comunicação de rádio são formados por dois elementos básicos: transmissor e receptor.
O mecanismo transmissor funciona gerando oscilações elétricas com a frequência de rádio — portadora. Assim, a amplitude da frequência pode ser aumentada para que a onda portadora seja mudada.

O sinal modulado em amplitude é formado pela onda portadora e suas bandas laterais, que são produtos da modulação. Esse mecanismo evita a oscilação da frequência.
Assim, a frequência que é modulada tem a capacidade de criar mais de um par de bandas laterais para cada modulação. Desse modo, torna-se possível criar variações responsáveis por transmitir em radiodifusão ou em luminosidade na televisão.
A transmissão de frequência de rádio é um dos fenômenos tecnológicos que possibilitam que o sinal emitido por torres seja difundido a um grande número de aparelhos indispensáveis em nosso cotidiano — celulares, telefone sem fio etc.

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta