» »Unlabelled » Rádio Senado é premiada por série de reportagens sobre a Constituição

A Rádio Senado conquistou o segundo lugar no Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2018 com a série de reportagens “O Orçamento na Constituição de 1988”. Veiculadas em setembro, as reportagens premiadas fazem parte de um conjunto de quatro séries elaboradas em parceria com a Rádio Câmara e que tiveram como objetivo apresentar os diversos pontos da Carta, que completou 30 anos em 2018.

O jornalista Rodrigo Resende elaborou a história do casal Ulysses e Mora que, ao discutir as contas da casa, ajudam a explicar como funciona o Orçamento do país

A produção das reportagens foi feita pelo jornalista Rodrigo Resende. Os ouvintes podem acompanhar a história do casal Ulysses e Mora — não por coincidência, os mesmos nomes do presidente da Assembleia Nacional Constituinte, deputado Ulysses Guimarães, e sua esposa, Dona Mora. Por meio das dificuldades e desafios da contabilidade do dia a dia dos personagens, é possível entender mais sobre o Orçamento do país. O material é complementado por entrevistas com ex-constituintes, economistas e consultores sobre o Orçamento na Constituição de 1988.
— Eu fiquei responsável pelo trecho da Constituição que trata do Orçamento. Aí, por parecer um tema ainda árido, resolvi criar a história de um casal debatendo sobre o orçamento doméstico e fui de alguma forma comparando com o Orçamento nacional — explicou Resende.
Sobre a série
A Rádio Senado e a Rádio Câmara produziram, em parceria, quatro séries sobre os 30 anos da Constituição. Cada veículo ficou responsável por dois temas, que geraram cinco reportagens cada um. A primeira série, da Rádio Câmara, trata dos direitos básicos como educação, saúde, alimentação, moradia e segurança, entre outros. A segunda, também da Rádio Câmara, aborda a organização política do Estado, os Poderes da República, a segurança pública e as garantias e direitos individuais.
Já a Rádio Senado, além da série sobre Orçamento Público — segunda colocada no Prêmio Nacional de Educação Fiscal —, produziu outra sobre a última parte da Constituição de 1988, da Ordem Social, que consolidou os direitos sociais, como o Sistema Único de Saúde gratuito e universal, a educação pública e gratuita, a Previdência Social, a proteção à família, às crianças e aos adolescentes, os direitos dos indígenas e a proteção ao meio ambiente.
Para Rodrigo Resende, a Rádio Senado cumpre mais uma vez o papel de levar os temas do Congresso de forma didática para a população.
— Todo prêmio é um reconhecimento a esse trabalho, que é público, e alcança um grande público, não só pela rádio em FM, mas também pela RadioAgência Senado, que distribui o material para centenas de rádios em todo o país. Então, acaba sendo mais um reconhecimento para a Rádio e para o Senado como um todo.
As quatro séries de reportagens estão disponíveis no site da RadioAgência Senado.
Sobre o prêmio
O Prêmio Nacional de Educação Fiscal reconhece as melhores práticas com a temática da função social dos tributos e a correta aplicação dos recursos públicos em benefício de todos e reportagens. Também premia a importância da educação fiscal. A premiação é uma iniciativa da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), em parceria com a Escola de Administração Fazendária (Esaf) e com o Programa Nacional de Educação Fiscal (Pnef). O evento de premiação ocorreu na Embaixada da Espanha, em Brasília.
Outras premiações
A Rádio Senado tem a tradição de ganhar prêmios do jornalismo brasileiro. A equipe já ganhou premiações como da CNBB, da Estácio, da ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior) e menção honrosa no Vladimir Herzog.
Clique aqui para ouvir a série de reportagens vencedora sobre Orçamento Público.
FONTE: Agência Senado

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta