» » Rádios do MT e MS assinam contrato para funcionar em FM


Trinta e seis emissoras de rádio, sendo 13 de Mato Grosso (MT) e 23 do Mato Grosso do Sul (MS), assinaram na segunda-feira (24), os termos aditivos de adaptação das outorgas para a migração do AM para o FM.
O evento, que ocorreu na Prefeitura de Campo Grande (MS), contou com a presença do ministro da Ciência, tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, do diretor de Rádio da ABERT, André Cintra, do presidente da Associação de Emissoras de Radiodifusão de Mato Grosso Sul (AERMS), Rosário Congro Neto, do presidente da Associação Mato-Grossense das Emissoras de Rádio e Televisão (AMERT) e de autoridades locais.
Durante o encontro, os radiodifusores puderam tirar dúvidas sobre os próximos passos da migração com o diretor de Rádio da ABERT, André Cintra.
A assinatura do termo aditivo é uma das últimas etapas do processo de migração. A partir de agora, as emissoras devem apresentar o projeto de instalação do local e do uso da radiofrequência.
Além de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, o mutirão já passou por Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, São Paulo e Paraíba. Cerca de 550 emissoras de rádio já assinaram o contrato para a nova outorga.
O MCTIC vem realizando uma maratona pelo país para finalizar a primeira fase do processo até o fim deste ano. Das 1781 emissoras de rádio AM existentes no país, 1439 solicitaram a mudança e 1050 já foram contempladas com o canal na faixa de FM. As outras emissoras irão migrar após o desligamento da TV analógica, quando serão liberadas as faixas 5 e 6, hoje ocupadas pelas TVs.
FONTE: ABERT

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta