» » ABERT contra projeto que prevê aumento de potência da RadCom


Radiodifusores de todo o país se uniram à ABERT na luta contra a aprovação da PLS 513/2017. O projeto de lei prevê o aumento de potência das rádios comunitárias de 25 para 300 watts e a reserva de três canais.
A ABERT e as lideranças das associações estaduais se reuniram com o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, para apresentar seu posicionamento e convicção sobre os prejuízos que este projeto pode causar à radiodifusão brasileira. Mais de 50 radiodifusores de todos os estados do país se juntaram à associação no Senado Federal.
A mobilização no Senado foi exitosa. Segundo o diretor geral da ABERT, Cristiano Lobato Flores, “conseguimos não apenas impedir a votação do pacote de medidas que igualariam uma rádio comunitária a uma comercial (aumento de potência, reserva de mais canais, veiculação de publicidade e isenção de pagamento de direitos autorais), como também sensibilizamos parte dos senadores para que fosse apresentado requerimento solicitando maior debate sobre o PLS 513”.
O presidente da ABERT, Paulo Tonet Camargo, enviou carta aberta (clique aqui para ler) a todos os radiodifusores e agradeceu a mobilização. No documento, o presidente pede o apoio de todo o setor junto aos senadores para aprovação do requerimento que está na pauta do plenário do senado da próxima terça-feira (26) o que permitirá que outras comissões do Senado discutam a matéria.
FONTE: ABERT

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta