» » Mídia Kit deve ser cartão de visitas da rádio, dizem especialistas


Radiodifusores e profissionais de rádio de todo o Brasil participaram (28/03) do EaD promovido pela AERP em parceria com a ABERT para mostrar quais elementos devem ser explorados no Mídia Kit das emissoras. Envolvendo mais de 1,6 mil participantes, o curso mostrou como essa ferramenta deve ser construída para favorecer a negociação com clientes e agências de publicidade.
“O Mídia Kit é o cartão de visitas da emissora. Tem que ter um visual atraente, com a cara da emissora, e com informações qualificadas”, afirmou Giovanna Dalla Corte, presidente do Grupo de Mídia do Paraná e consultora na área.
Segundo ela, informações sobre público, área de abrangência, estilo da rádio e tipo de programação devem ser abordadas de forma estratégica e com linguagem visual. “O material tem que explorar os diferenciais e mostrar onde a rádio pode agregar no planejamento de mídia do cliente ou da agência”, explicou.
O bom relacionamento da emissora com os clientes foi pontuado por Rogério Afonso, diretor da Transamérica Curitiba e da AERP, com quase 30 anos de experiência em radiodifusão. “Você tem que saber com quem está trabalhando, qual a necessidade do seu cliente, saber o que realmente é relevante para poder oferecer o que ele precisa”, destacou.
Rádio multiplataforma
Para os especialistas, o Mídia Kit deve explorar, além das características da rádio, sua presença no ambiente digital e ações promocionais. “É muito importante vender a rádio como uma plataforma única que integra essas três vertentes – a sua programação no dial, as ações de rua e sua presença online – o que permite abordar a audiência em diversos momentos”, ressaltou.
“Não importa se você está em uma cidade pequena, você tem que se adaptar e explorar todas as possibilidades de integração que o rádio promove”, complementou Rogério Afonso.
Interatividade
Durante o curso, os participantes enviaram mais de 60 perguntas que foram respondidas em tempo real pelos especialistas, além de comentários sobre o curso. Para Noeli Ruberto, da Rádio Jornal FM de Limeira (SP), as dicas forma muito úteis. “Torço para que as rádios sejam cada dia mais profissionais para que as agências não desistam de indicar o meio rádio para os grandes anunciantes”, comentou.
Ao longo do ano, estão previstos mais seis cursos a distância com temas relevantes para os radiodifusores. Acompanhe a programação em aerp.org.br/ensinoead

FONTE: AERP

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta