» » Emissora de rádio é assaltada e locutor pede socorro ao vivo em Caruaru


Rádio Cultura do Nordeste, sediada no bairro de Indianópolis, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, foi assaltada na noite dessa terça-feira (17). O momento que a rádio é invadida foi transmitido ao vivo pela emissora por volta das 23h. O locutor Edmilson Souza, que apresentava um programa, pediu socorro no ar. O equipamento que registra as imagens das câmeras de segurança foi levado, assim como quatro notebooks, um aparelho de televisão, um celular e uma quantia em dinheiro.

“Tem alguém aqui na emissora. Peço para que quem esteja ouvindo possa ligar rapidamente para que possamos detectar o que está acontecendo”, disse ao vivo o locutor avisando que uma pessoa armada foi vista no local. Uma sala usada pela rádio para guardar equipamentos de transmissão também foi revirada. O anexo fica por trás do prédio principal da emissora.

Segundo a produtora da rádio Laís Florêncio, a região onde fica o prédio da rádio é esquisita. “É uma estrada de terra com iluminação precária e tem muito mato em volta da área”. Ela conta que o diretor da emissora prestou queixa do assalto. “A polícia chegou de imediato, mas não conseguiu capturar o suspeito", completou. 

Assista ao momento em que o radialista percebe o assalto no ar no vídeo abaixo a partir de 1h58. Integrantes do grupo musical Jurema Preta, que se apresentou no programa, empurraram móveis para a porta para tentar impedir o acesso do assaltante ao estúdio. 


O locutor Edmilson Souza está há 30 anos na rádio, que funciona há 60. Após o momento do assalto, ele retornou e pediu desculpas aos telespectadores. "Para nós é de ficar pasmos com o que aconteceu aqui na Rádio Cultura do Nordeste. Para você que está nos ouvindo e vendo por esse Brasil afora foram arrombados os portões e as nossas salas de direção e redação. Agradeço a vocês e desculpem o transtorno", lamentou.

FONTE: FOLHA PE

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta