» » 10 hits que marcaram 2017



10 - "Hear me now" - Alok, Bruno Martini feat. Zeeba

Alok chegou assobiando como o primeiro brasileiro no Top 50 Global do Spotify. O DJ foi o "topzera" do streaming neste ano, mesmo com uma música do fim de 2016. Ele fez música eletrônica que não é só para ouvir em baladas e festivais: tem uma suavidade que também cai bem no fone de ouvido em qualquer lugar - daí a explosão de audições. A melodia bonitinha, meio Coldplay, com uma letra que diz tudo e nada sobre a vida ao mesmo tempo, fizeram do goiano um nome global.


9 - "Vidinha de balada" - Henrique & Juliano

A letra de "Vidinha de balada", de Henrique & Juliano, é sobre um cara meio possessivo, meio psicopata que quer namorar uma mulher de qualquer jeito, quer ela queira ou não. Seria uma cantada barata, papinho de bar ou o machismo nosso de cada dia? Enfim, todo mundo cantou. E ela entrou no top 10 de mais tocadas do YouTube, Spotify e do G1.


8 - "Bum bum tam tam" - MC Fioti

A faixa do MC Fioti já rendeu 480 milhões de views no YouTube. É o funk mais popular do já popularíssimo canal do diretor Kondzilla. E sabe essa flautinha marota? É nada menos que um trecho do compositor alemão Johann Sebastian Bach. O Leandro Aparecido Ferreira, vulgo Fioti, além de cantor, também é produtor.

7 - "Trem bala" - Ana Vilela

2017 foi um ano complicado, então apareceram algumas músicas fofas, dessas que parecem te abraçar, com umas letras meio "Power Point que sua mãe te mandava, com anjinhos e gatinhos sorrindo". "Trem bala", da Ana Vilela, é assim. Lançada no fim do ano passado, a balada foi tocada por Gisele Bündchen, Luan Santana, Padre Fabio de Melo. Mas foi neste ano que a música mudou de vez a vida desta paranaense de 19 anose foi parar até entre as mais tocadas das rádios.


6 - "Olha a explosão" – MC Kevinho

"Olha a explosão", do MC Kevinho, 19 anos, é outra música do fim do ano passado que tocou direto no primeiro semestre. É um funk com cara de pagode que anunciou a polivalência do Kevinho. Nesse ano ele cantou axé, sertanejo e virou arroz de festa. Todo mundo quer um pedaço do sucesso dele. Podia ser "O grave bater" ou a nova "Rabiola" mas foi "Olha a explosão" que detonou o fenômeno Kevinho em 2017.


5 - "Loka" - Simone & Simaria e Anitta

Elas tiveram quase meio bilhão de visualizações no YouTube com essa música e estouraram de vez neste ano. Simone e Simaria, as Kardashian brasileiras, ficaram "lokas" com sua coleguinha Anitta. As irmãs foram do forró ao sertanejo. Mas foi com uma pitada de reggaeton que elas chegaram aqui no nosso top dez. E spoiler: essa não é a última vez que a Anitta vai aparecer aqui nesta lista.


4 - "Deu onda" - MC G15

Parece que faz mais tempo... Mas foi no verão desse ano que bateu forte a onda do MC G15. O funk dele saiu no fim de 2016 e reinou nas paradas em janeiro. Teve a versão light, a versão proibidona e polêmica sobre uma nota muisical fora de lugar. Mas é impressionante que um MC antes desconhecido e um DJ num estúdio caseiro tenham feito uma música que marcou tanto o início do ano. G15 nasceu no Rio, mas gravou a música em São Paulo. Juntou a malemolência carioca e o poder das batidas paulistas.


3 - "Shape of you" - Ed Sheeran

Essa música foi a mais ouvida do ano no Spotify em todo mundo, com 1,4 bilhão de audições. E teve quase 3 bilhões de views no YouTube. Vamos combinar, este ruivinho inglês de 26 anos é o cantor mais pop do mundo hoje. Botou 40 mil fãs no estádio do Palmeiras. E virou referência para dançar de rostinho colado ou sozinho na pista.


2- "Sua cara" - Major Lazer, Anitta e Pabllo Vittar

Nosso número dois tem um duo de super-heroínas brasileiras. A Anitta teve um ótimo ano e expandiu seus horizontes - tanto que foi a única que apareceu duas vezes na nossa lista. Já Pabllo Vittar causou furor no Rock in Rio e virou nome nacional. O nome dela, aliás, foi um dos dez assuntos mais comentados no Twitter nesse ano no Brasil. Juntando as duas com a produção eletrônica esperta do Diplo, temos "Sua cara".


1 - "Despacito" - Luis Fonsi, Daddy Yankee e Justin Bieber

Você tinha alguma dúvida de que "Despacito" estaria no topo das mais bombantes canções do ano? Foram tantos recordes... Luiz Fonsi e Daddy Yankee são donos do vídeo mais visto da história do YouTube, com mais de 4 bilhões de views. A faixa, com assinatura de uma filha de brasileiros, também virou recordista no Hot 100, a principal parada americana, da revista "Billboard".

FONTE: G1

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta