» » Radialista relata ‘premonição’ que o salvou de voo da Chapecoense

Edson Florão disse ter pressentimento e inventou uma desculpa para não embarcar - Daniel Queiroz/ND

“Algo me dizia que eu não poderia ir. Eu sou um pouco sensitivo e isso tem me livrado de alguns embaraços nesses 35 anos de carreira”, afirmou. Para ter um motivo para não viajar, Florão pediu ao filho para que levasse o grupo de evangelização do qual faz parte para a sua chácara, no fim de semana, para um encontro. Ouviu do chefe: “tá fazendo de tudo para não viajar, né”.
Florão se diz iluminado. “Eu sinto que ganhei uma terceira vida. A primeira, quando eu nasci. A segunda, quando parei de beber álcool e a terceira nessa terça, pois eu estaria neste voo e acabei não viajando e estou aqui.”

Uma das maiores tragédias do esporte mundial e a maior do jornalismo brasileiro ceifou, de uma vez só, seis vozes de emissoras de Chapecó, além de outros dois profissionais de TV e internet e mais dois assessores de imprensa da Chape. 

No total foram 20 profissionais da imprensa que perderam a vida no acidente. 



Com informações do site Noticias do Dia.

Postado por ADM

O portal da galera do rádio
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga
Comentários

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta